Solnce Xhuuya Endless Sky

SOLNCE XHUUYA ENDLESS SKY [5,32]
83% Algodão Egípcio
12% Seda Tussah
5% Cânhamo
332 gr/m2

Triweave

review: desilusão ou aprendizagem?
Estou triste. Estou realmente muito triste. Andava mortinha por pôr as unhas num Solnce só para perceber o fascínio que eles geram. Se calhar tive azar… se calhar foi sorte.

Recebi um pano viajante de alguém de quem gosto muito e acho que até nisso me custa… porque gosto tanto dela que, escrever um post mau, sobre um pano de alguém de quem se gosta, me deixa triste… É como se dissessem mal dos meus panos……….. mas não consigo evitar, não posso ser parcial no que escrevo.
Tenho sempre a mente aberta, tento sempre dar uma hipótese, afastar os pré-conceitos, e tentar descobrir qualquer coisa de bom nos panos que me chegam ás mãos… mas neste caso, está a ser mesmo muito complicado.
O saco que me chegou às mãos era o saco original, e só nesse pequeno pormenor fiquei sem chão… um saco de pano para bordar ponto cruz??? a sério??? Mas isto é um HE…
Tirei do saco e senti-lhe o peso. Brutal, mas também é um tamanho 7, por isso para mim deve estar perfeito. O Solnce viajante é muito bonito, de um azul e branco elegante e fresco. Um pano grosso, encorpado, resistente, mas com uma trama fina muito apertada. tem um brilhozinho suave, a textura é boa, muito agradável, não é rijo, não é desagradável ao toque, tem até um ar mais rústico de olharmos ao perto, mas nada faz prever a desilusão que se avizinha.

dsc_0097

Segunda deceção… a etiqueta……. Ok, eu gosto do movimento Hipster, mas quando dou 350€ por um pano, espero que pelo menos venha com uma etiqueta que não seja escrita à mão… sim, isso mostra dedicação e uma presença humana do outro lado, mas também mostra que não se dão ao trabalho de fazer etiquetas novas para os panos… vou acreditar na parte da personalização.
Tentei (agora tento muitas vezes) por o miúdo as costas, mas não consegui. Senti-me um burro albardado… sabem o que é uma albarda?? a sela dos burros, tosca e pesadona… foi assim que senti… tentei puxar, tentei ajustar… esqueçam… o miúdo desatou num berreiro e não consegui… mas não desisti. Bolas. É um Solnce… só pode ser problema meu. Tenta de novo:
FWCC…
ajusta, ajusta, ajusta, ajusta….
deve estar a ficar bem…..
isto deve ficar bom só com um nó…
não…
epá…
mas isto é um 7?
está-me mesmo nas pontinhas…
é da espessura, claro!
ui!!!
só com um nó, nem pensar!!!
2, claro…
puxa mais um bocado…
não, esquece…
só mesmo com os dois nós………….
está a escorregar…
cacete………….
a sério????
mas isto está mesmo a acontecer???????
Ok, já percebi que assim também não funciona…
O miúdo já barafustava por todo o lado e deixei para o dia  a seguir….
Kanguru não falha!!! Kanguro dá sempre……………………………. humpf…….
ajusta, ajusta, ajusta………. OK!
menos mau!!! Mas de onde vem tanto pano afinal?!?!?!?!?!
Como é que um pano com uma diagonal tão fantástica se comporta desta maneira???
será dos materiais?? será da trama??? possivelmente….

cam02899

Este pano é uma cruz. E desafio quem o conseguir domar a vir aqui contradizer-me. Ok, nem todos os panos podem vir já quebrados e domados, mas um pano com este tipo de comportamento é um insulto ao bom Babywearing.
E por favor, vejam se me mandam um Solnce que mude a má opinião que se formou com este…


 Escrevi esta review e esperei 2 dias… simplesmente não a conseguia publicar. Imaginava a Olga, dona da marca e tentei por-me no lugar dela… Eu quero fazer o melhor produto e não ganho nada se o produto que vendo não for bom. Portanto, tem que haver aqui alguma condicionante. Vamos analisar os materiais: Algodão Egípcio, Seda Tussah e Cânhamo. Ok, um para corpo e brilho, outro para delicadeza e suavidade e outro para resistência… confere.
A descrição do pano dizia qualquer coisa como sólido na mão (confere), mas suave ao toque com uma combinação clássica nas cores (confere). Requer quebra moderada (não confere) e é adequado à maior parte das idades e níveis de experiência (confere). O mistura de seda selvagem e cânhamo confere-lhe um toque e aparência luxuosos (confere). Triweave (?!?!??!?!? triweave??? espera lá que me falhou qualquer coisa… o que é triweave?!)
Triweave é uma forma de tecer industrialmente onde adicionamos um fio na diagonal!!! Ah pois é!! Este fio extra cria panos super consistentes. Ora com esta gramagem é basicamente uma besta indomável… Não é propriamente um defeito… é feitio!

dsc_0008

Vamos ver à lupa? Conseguem ver o fio de cânhamo, mais rústico na vertical? e o outro mais fininho da seda na horizontal? e o azul de algodão egípcio na diagonal?! Pois é “Fio triplo”!
A partir deste momento não se trata de perceber qual o defeito deste pano, mas de descobrir qual é o melhor porte para não o sentir escorregar!! Estou bastante mais animada e como eu não sou expert em portes, deixo o desafio para esse lado!!

SOLNCE XHUUYA ENDLESS SKY [5,32]
83% Egyptian Cotton
12% Tussah Silk
5% Hemp
332 gr / m2

Triweave

Review: disapointment or learning?
I’m sad. I’m really really sad. I’ve been dying to put my nails in a Solnce just to see the fascination they generate. Maybe I had bad luck … maybe I was lucky.

I got a travelling woven from someone I like very much and I think even that is beeing difficult for me … because I like her so much that writing a bad post on a woven someone likes is sad. But I can not avoid it, I can not be partial in what I write.
I always have an open mind, I always try to give a chance, remove the preconceptions, and try to find out anything good in the wovens that come to me … but in this case, this has been very hard…
The bag that came to my hands was the original bag, and only in this small detail I was disapointed … a cloth bag to embroider cross stitch ??? seriously??? But this is a HE …
I pulled the bag and felt the weight. Brutal, but it’s also a size 7, so for me it should be perfect. The traveling Solnce is very beautiful, of a sleek and fresh blue and white. A thick, full-bodied cloth, sturdy, but with a very tight thin web. It has a soft glow, the texture is good, very pleasant, it is not stiff, it is not unpleasant to the touch, it even has a more rustic look to the near, but nothing predicts the disappointment that is approaching.

dsc_0095

Second disappointment … the label ……. Ok, I like the Hipster movement, but when I give 350 € for a cloth, I hope it will at least come with a label that is not handwritten … yes, this shows dedication and a human presence on the other side, but also shows that they do not bother to make new labels for the cloths … I will believe in the part of the personalization.
I tried (now I try many times) to do a back carry, but I couldn’t. I felt like a saddled donkey … you know what a saddlebag is ?? The saddle of the donkeys, rough and heavy … that’s how I felt … I tried to pull, I tried to adjust … forget … the kid unleashed in a scream and I could not … but I didn’t give up. Balls. It’s a Solnce … it can only be my problem. Try again:
FWCC …
Adjust, adjust, adjust, adjust ….
It should be fine.
This should be fine with just one knot …
no…
Aaaaa …
But this is a 7?
I’m right on the tips …
It’s thick, of course!
Wow !!!
Just with a knot, do not even think !!!
2 of course …
Pull on some more …
Is slipping …
seriously????
But this is really happening ???????
Okay, I already realized that this doesn’t work either …
The kid was already all over the place and I left it for the next day ….
Kangaroo does not crash !!! Kangaroo always works ……………………………. humpf …….
Adjust, adjust, adjust ………. OK!
Better!!! But where does so much cloth come from anyway?!?!?!?!?!
How does a cloth with such a fantastic diagonal behave this way ???
Will it be of the materials ?? Will the weaving ??? possibly….

DSC_0093.JPG

This cloth is a cross. And I defy anyone who can come here to contradict me. Okay, not all cloths can come already broken and tamed, but a woven with this type of behaviour is an insult to good Babywearing.
And please, see if someone can send me another Solnce to change the bad opinion that formed with this …



I wrote this review and waited 2 days … I just could not publish it. I imagined Olga, owner of the brand and tried to put myself in her place … I want to make the best product and I do not gain anything if the product I sell is not good. So there has to be some conditioning here. Let’s look at the materials: Egyptian Cotton, Tussah Silk and Hemp. Ok, one for body and shine, another for delicacy and softness and another for resistance … check.
The description of the cloth said something as solid in the hand (check), but soft to the touch with a classic combination in colors (check). It requires moderate breakdown (doesn’t check) and is suitable for most ages and levels of experience (check). The blend of wild silk and hemp gives it a luxurious touch and appearance (check). Triweave (?!?!?!?! Triweave ??? wait something failed me … what is triweave ?!)
Triweave is a way of weaving industrially where we add a diagonal plot !!! Oh yeah !! This extra yarn creates super consistent cloths. Now with this grammage it is basically an indomitable beast … It is not properly a defect … it is a way of beeing!

Let’s see the magnifying glass? Can you see the hemp yarn, more rustic upright? And the other thinner of the silk horizontal? And the blue cotton Egyptian diagonal ?! For it is “triple wire”!
From this moment it is not a question of understanding the defect of this cloth, but of discovering which is the best way to do a carry that doesn’t slip !! I’m much more excited and because I’m not an expert in carrying challenges, I leave the challenge to “that side” !!

Save

One thought on “Solnce Xhuuya Endless Sky

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s