Solnce Genesis Timeless Collection

SOLNCE GENESIS TIMELESS COLLECTION [5,04m_T6]
73cm altura | 311gr/m2
79% algodão 21%cânhamo
review: o desconhecido!
O que fazer quando não sabes sobre o que estás a escrever? Investigas!
Investigas mesmo muito! Recebemos um tester em Portugal, gentilmente cedido pela Solnce e de modo muito excecional. Fomos alertadas que deveria gerar burburinho q.b. em terras lusas. Na minha inocência (e considerando que ele já passou por muita gente), acreditava que alguém sabia que pano era este… aliás, até eu pensei que era um pano de uma coleção já lançada no mercado simplesmente para o experimentarmos e conhecermos a marca. Enganei-me! Não sou de todo uma Solncete e decidi que tinha que descobrir tudo sobre este menino!


Portanto, quando não sabes sobre o que estás a escrever…. investigas a etiqueta: algodão e cânhamo! Epá, eu gosto de cânhamo!! Cânhamo dá um bom suporte, portanto, não será dos panos mais fáceis de quebrar, mas no momento que me chega, vem cooperante. Tem bom suporte nos ombros, trabalha-se relativamente bem. Ainda lhe falta um longo caminho para ser fantástico, mas já começa a demonstrar as suas capacidades futuras. Não é um pano para principiantes nem recém-nascidos. É preciso ter calma com alguns panos… não desistir deles! Babywearing é amor… pelos panos também! Tem também o característico algodão egípcio que já encontrei no Xhuuya, brilhante e agradável e algodão egípcio preto muito macio e suave.
Segundo passo, a gramagem: 311gr. É o tipo de gramagem de que gosto, porque prefiro portes à frente e dá-me maior apoio na lombar e nos ombros. Com este confirma-se. Fomos ao parque, às compras, buscar o mais velho em dia de chuva… Muito bom suporte.
Terceiro passo: o desenho. É um Génesis (que vem da origem da criação do mundo – terá sido o primeiro desenho?), provavelmente o desenho mais emblemático da Solnce. É  um desenho muito elegante, feminino e orgânico, e que podemos encontrar em várias escalas: S, M, L e XL. Neste caso, depois de medir a folha pequena é um dos padrões S (atenção que esta apreciação é meramente especulativa. Não há um manual de normas sobre este assunto, mas ha alguma discussão nos chatter groups da marca).

Sem informação sobre o tipo de tecelagem posso descartar algumas hipóteses: não é Tri Weave (trama muito apertada para portes mais fortes e resistentes com 3 fios), nem Tetra Weave (forte como uma Tri Weave, com 4 fios cruzados fofo como um Strawberry Weave), nem Penta Weave (produz panos muito fofos e leves como se fosse uma teia feita do cruzamento de 5 fios). Não aparenta ser Strawberry Weave (muito fofo e com muito balanço, com a teia mais aberta e fresca). Não sendo uma expert em Solnce (ahahah! vá é o segundo em que ponho as unhas), das duas, três: ou Soft Weave (não me parece, são muito “esponjosos”, muito fofos e aéreos, mesmo com baixas gramagens e sendo um tipo de Tri Weave), ou Raspberry Weave (é uma espécie de  híbrido com o suporte de um Tri Weave mas  o balanço e suavidade de um Soft Weave) ou Blackberry Weave (fios mais grossos são usados na teia juntamente com fios mais finos e que juntos permitem muito espaço aberto entre eles para criar panos com gramagens altas mas mais fofos e fáceis de trabalhar). O meu voto vai para Blackberry Weave. O fio do Algodão Egípcio Preto é bastante mais grosso que o fio de cânhamo ou o de Algodão Egípcio Branco além disso há uma trama branca sempre presente na mancha preta (gajada, isto é mera especulação. Ninguém me confirmou nada; ainda assim decidi consultar uma especialista que me disse que era Tri-Weave. Afinal tri-weave não precisa de ter fio na diagonal, os panos mais antigos usavam, mas a maior parte basta ter os 3 fios. Fiquei um bocado desapontada com isso. Para mim isso fazia sentido e era uma inovação tecnológica. Afinal estas formas todas muito alternativas de tecer só têm mesmo a ver com o número de fios – 3, 4, 5 – e abertura maior ou menos da rede… fiquei bastante desapontada. No entanto recebi um conselho maravilhoso que deve servir para todas; panos em tri-weave não podem ser ajustados como panos finos; devem ser puxados na totalidade de forma suave e gentil para se conseguir um porte uniforme e bem ajustado. Por isso parem lá de lutar com os Solnce, porque também se ajusta o modo de ajustar!!)
Dos panos da Solnce com uma mistura de materiais e peso similar encontrei os seguintes: Whenua Manuka (Tri Weave); Scarlet (Tri Weave), Waterflow Lime (Tri Weave), Genesis Solnce Power 2016 (Raspberry Weave).
Quando fui à página da Solnce vi que tinham criado um novo separador sobre a “Timeless Collection”… que continua sem mais informação e que o logótipo da marca tinha sido estilizado e simplificado……………..  gostava muito de vos dar boas novas, mas por enquanto ainda não há atualizações… aguardemos então por novidades!
dsc_0010
SOLNCE GENESIS TIMELESS COLLECTION [5,04m_T6]
73cm height | 311gr / m2
79% cotton 21% hemp
Review: the unknown!
What to do when you do not know what you’re writing about? You investigate!
You really do investigate! We received a tester in Portugal, kindly provided by Solnce. We were warned that it should generate buzz in Portuguese territory. In my innocence (and considering that he has already gone through a lot of people), I believed that someone knew what woven this was … in fact, even I thought it was a woven from a collection already launched in the market simply to experience it and know the brand . I was wrong! I’m not at all a Solncete and decided that I had to find out everything about this boy!

So when you do not know about what you’re writing …. investigate the label: cotton and hemp! I like hemp !! Hemp gives good support, so it will not be the easiest to break, but the moment it comes to me, it comes cooperating. Has good support on the shoulders, works relatively well. It still has a long way to go, but it’s starting to demonstrate future capabilities. It is not a cloth for beginners or newborns. You must be calm with some wovens … do not give up on them! Babywearing is love … by the wovens too! There is also the characteristic Egyptian cotton that I have already found in the Xhuuya, bright, pleasant and very soft and soft and fat black Egyptian cotton.
Second step, the weight: 311gr. It’s the kind of grammage I like, because I prefer to make front carry it gives me more support in the lower back and shoulders. With this it is confirmed. We went to the park, shopping, get the older one on rainy day … Very good support.
Step Three: Drawing. Is it a Genesis (which comes from the origin of the creation of the world – was it the first drawing?), probably the most emblematic drawing of Solnce. It is a very elegant design, feminine and organic, and we can find it in several scales: S, M, L and XL. In this case, after measuring the small sheet is one of the patterns S (Note that this assessment is purely speculative. There is no rulebook on this subject, but there is some discussion in the chatter groups of the brand).

Without information on the type of weaving I can rule out some hypotheses: it is not Tri Weave (very tight weave for stronger and stronger bearings), nor Tetra Weave (strong as a Tri Weave, with 4 crossed threads fluffy like a Strawberry Weave), nor Penta Weave (produces very cute and light cloths as if it were a web made of the 5-wire cross). It does not look like Strawberry Weave (very fluffy and very swaying, with the web more open and fresh). Not being an expert on Solnce (ahahah! this is the second I put my hands), two of three: or Soft Weave (I do not think, are very “fluffy”, very cute and aerial, even with low weights and being a type of Tri Weave, does not have the yarn on the diagonal), or Raspberry Weave (it is a kind of hybrid with the support of a Tri Weave but the balance and softness of a Soft Weave) or Blackberry Weave (thicker yarns are used in the Web together with thinner wires and that together allow plenty of space between them to create cloths with heavy weights but smoother and easier to work with). My vote goes to Blackberry Weave. The yarn of the Black Egyptian Cotton is rather thicker than the hemp yarn or the white Egyptian Cotton plus there is a white weave that is always present in the black spot (this is mere speculation, no one has confirmed anything. Still decided to consult a “specialist” who told me it was Tri-Weave. After all, tri-weave does not need to have diagonal yarn, the oldest cloths used it, but most of it just has the 3 yarns. I was a little disappointed by that. To me that made sense and was a technological innovation. After all these very alternative forms of weaving only have to do with the number of threads – 3, 4, 5 – and greater or lesser opening of the wires… I was quite disappointed. However, I have received wonderful advice that should serve all; Tri-weave wovens can not be adjusted like fine cloths; Should be pulled in a full and gentle manner to achieve a uniform and well adjusted shape. So stop fighting with the Solnce, because the adjustment mode is also to be adjusted !!)
From Solnce cloths with a mixture of materials and similar weight I found the following: Whenua Manuka (Tri Weave); Scarlet (Tri Weave), Waterflow Lime (Tri Weave), Genesis Solnce Power 2016 (Raspberry Weave).
When I went to Solnce’s page I saw that they had created a new tab “Timeless Collection” … which continues without further information and that the brand logo had been stylized and simplified ………… I would really like to give you good news, but for now there are still no updates … so let’s wait for news!

One thought on “Solnce Genesis Timeless Collection

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s