O grito do Ipiranga!

review: Brasil dos meus desamores (com banda sonora. Basta carregar no link!)
Não sei bem como começar este texto; tenho uma ligação muito especial com o Brasil (bom… todos temos, queiramos ou não) mas eu tenho e não tenho problemas com isso! O Brasil foi o meu grito de liberdade, foi o meu “Grito do Ipiranga” (beijinhos para os primos de São Paulo, já agora!) e por isso esta publicação vai assim com banda sonora de revolta e solidão que foi dos primeiros sentimentos que tive quando pela primeira vez viajei sozinha e o país exótico e quente de virar galeto, que Jorge Amado descrevia nos seus livros e que eu devorava, me recebeu com chuva e frio!!! Ahahah! Irónico não é?! Cadê o sol carioca!??!?! Cadê a cidade maravilhosa!??! Cadê o exotismo de Carmen Miranda (beijinhos para os primos do Rio, já agora!)?!?! Passei dois meses a perguntar onde estaria esse Brasil e a perceber que viajar sozinho é uma bosta; lição que me serviu até hoje!
Anos mais tarde (não muitos) regressei em viagem de finalistas, mais para o norte… e vá, continuo à procura desse Brasil maravilhoso porque tenho muito poucas lembranças dessa viagem de duas semanas ahahahaha (beijinhos para os vizinhos de Recife, já agora!)!!!
O Brasil é o meu desamor, tenho tantos motivos para gostar (sobretudo pelas pessoas maravilhosas, pela alma boa deste país, pela comida, pelas cores, pelos sentimentos, pela família…) mas nunca me senti amada pelo Brasil! Um dia volto, daqui a muitos anos. Quando os meus filhos estiverem na faculdade e eu estiver na flor da idade (!)… talvez nessa altura sossegue ali nas praias de Rio das Ostras!!
Até lá, vou continuar a comer paçoca, bombons Garoto e empadinhas, chupar manga e sonhar com a imagem da costa do Rio para São Paulo que mais faz lembrar um pano da Firespiral que uma imagem real!!

E agora a coisa séria: o que é que se faz de panos no Brasil, porque é que as portuguesas gostam tanto de um trapinho brasileiro?!
Provavelmente porque têm uma trama muito aberta, porque são leves e frescos, porque são confortáveis e porque são alegres e coloridos!  Ou porque simplesmente são criados e desenvolvidos por mães carregadeiras como nós! E quem são elas? Anelise Amaral da Upa Slings, Carine Panthet da Jenipano, Andreza Moriggi da Owlet, Elena de Regoyos da Siroué, Vanessa Parisotto da Oca Slings, Tatiana Gianeti e Jacqueline Michelazzo da Mamy Mamy, Natália Souza da Cazulim e Sara Steyer da Pé de Pano. São estes os nomes da hora (me perdoem se me faltar algum nome, mas cá espero os panos para vos conhecer). São estas as marcas que estão a desbravar fronteiras, e só por isso os meus parabéns a estas mulheres-mães empreendedoras!

E agora, em poucas palavras, um pequeno resumo sobre cada um dos trapinhos que pude experimentar (atenção, como sempre estas avaliações são muito pessoais; nem todo mundo gosta de amarelo, nem todo mundo gosta de pano fofo. Gostos são gostos… por isso o mundo não tomba!):

INDUSTRIAIS

JENIPANO JeniWrap Guaraci [4,32m_T5]
59cm altura | 233g/m2
100% algodão sarja cruzada
Tamanho 6 – 196 Reais

A querida Carine cedeu-nos dois paninhos amorosos que têm andado por aí a viajar. São panos de sarja cruzada simples, com riscas sólidas. Panos finos e leves. São panos para principiantes (os lados são sempre de cores diferentes para facilitar o ajuste) e para bebés pequeninos. A apresentação cuidada com um saquinho da marca resistente e muitos panfletos mostra como esta é uma marca com potencial, vontade de crescer e de se implementar no velho continente. As cores não são totalmente Europa. Pode ser difícil entrar. Mas acredito na determinação da Carine e especialmente no seu carinho e dedicação! Os panos têm comportamentos diferentes dependendo das cores! São quase Little Frog, mas mais finos e frescos. Têm além dos panos woven, slings de argolas e mei-tais (JeniWrap, JeniSling, JeniMei)
Pontos Positivos: 100% algodão. Resistente. Fino (bom para bebés pequeninos e países tropicais!). Depois de quebrar tem um excelente suporte para miúdos maiores ou em multi-camadas para pesos-pesados.
Pontos Negativos: Cores pouco Europa. Marcador central único (dois marcadores ou marcadores na costura ajudam mais). Encolheu depois de lavado.
[post script – Quando toquei nestes panos a primeira vez não gostei; achei demasiado finos. O pano rodou pelo país e voltou para mim ainda não quebrado… mas quebrou! Quebrou comigo!! E eu senti quando ele deixou de descair e se transformou num PANO com as letras todas. Este pano esteve presente num momento muito difícil do meu bebe pequenino e por isso, criou-se uma ligação emocional com ele. O pano surpreendeu-me e ajudou-me; foi a minha companhia num hospital, embalou, carregou e tapou-me durante uma noite de desespero. Obrigada Guaraci amarelo alegre e de esperança.]

 


SIROUÉ Floresta Encantada Chaouen [4,55m_T5longo]
69cm altura | 246g/m2
100% algodão jacquard
Tamanho 6 – 248 Reais

Que cores LINDAS!! Que pano tão giro!! O contraste entre os fios de algodão colorido e a teia tão fininha, quase como uma gaze fazem deste um pano MUITO fresco e muito fino! E  o desenho é a coisa mais querida. Toda a apresentação mostra uma marca bem estruturada: cartões, sacos, panfletos, tudo muito bem feito, tudo com uma identidade corporativa muito bem estruturada e organizada, absolutamente pronto para o mercado internacional. Bom em multi camadas, mais complicado nos ombros num ruck simples. Mas muito bonito, sem duvida… e muito fresco! Não gostei do marcador central; um pano tão bonito como este merece ter marcadores mais à europeia que permitam facilmente usar de um lado e do outro.
A marca produz também slings de argolas e mochilas evolutivas. Tem também várias parcerias (Fiado de Roda, Elisa Manfrin) e produz panos tecidos à mão… e a lista de espera é gigante!!!
Pontos Positivos: Super fresco, super fino. Lindo.
Pontos Negativos: Comprei um 6, mas é um 5 longo. O marcador central podia ser na costura para se poder usar dos dois lados. A teia demasiado fina faz um contraste estranho com o algodão mais grosso.


MAMY MAMY UIARA [4,85m_T6]
71cm altura | 267g/m2
100% algodão em sarja diamante (especial)
Tamanho 6 – 188Reais

Já sabem da minha paixão pelo Ybytú I da Mamy Mamy… mas este Uiara é completamente diferente… e para melhor!!!! Muito fofo, muito esponjoso, muito encorpado, radicalmente diferente!! Ah! e as cores são de morrer!! E o padrão é lindo! É um pano com textura, com aderência, com um bom balanço; é um pano ótimo. Se a 2a geração é toda assim… estou rendida!! Sinceramente não tenho mais nada a acrescentar!!! GOSTO! Ah! Para além dos Mamywrap, têm também MamySling e MamyMei.
Pontos Positivos: Bom balanço, fácil de ajustar, cores lindas. #panodediva
Pontos Negativos: Talvez um bocadinho grosso de mais e com demasiada aderência… eu e a minha luta com os marcadores centrais… podia ser um em cada costura!!


SEMI-INDUSTRIAIS ( a designação semi-industrial é um bocado falaciosa… se um tear tem motor, então já não é manual… apesar de ainda haver recurso ao trabalho manual… fica a dúvida para um dia pensar nisso. Até porque se vê rapidamente quando um pano é “semi-industrial”! E eu sei o trabalhão que dá, bater um tear!!!)

UPA SLINGS IRIS [4,65m_T6]
61cm altura | 299g/m2
85% algodão 15% poliéster em sarja de diamante (especial)
Tamanho 6 – 240Reais

O Iris é um pano semi-industrial; é feito em tear manual com motor elétrico. É um pano fofo, quase elástico, com muita textura, muita aderência, muita elasticidade. Fez um bloom espetacular depois de lavado. Não gostei das pontas assimétricas; acho que ficava mil vezes melhor com pontas paralelas e não gostei do marcador central (porque ficou colado ao ferro!!) mas sobretudo porque se fosse fixado às bordas facilitava a colocação. Mas gostei muito da elasticidade deste pano e da estranha combinação de preto, azul e amarelo a desenhar pequenas borboletas imateriais!! Uma forma muito engraçada de re-interpretar um padrão diamante. Um pano perfeito para bebés pequeninos. Para cús-de-chumbo… mais complicado. Para além dos panos semi-industriais, a marca produz também Mei Tai, Meichila, Sling de Argolas, Mochila Onbuhimo. Fica a curiosidade de experimentar os panos de sarja (diagonal) e os de jacquard!
Pontos Positivos: Fresco. Leve. Quase elástico. Bom para bebés pequenos. Faz sempre uns drapeados lindos nos ombros!
Pontos Negativos: As pontas assimétricas. O marcador central sem ser nas costuras. Um bocadinho demasiado elástico.


OWLET JASPER [4,96m_T6]
64,5 cm altura| 350gr
85% algodão 15% poliéster em trama plana
Tamanho 6 – 170Reais

Um panão. Grosso, texturado, pesado, mas lindo!! Com uma combinação de cores muito bem feita! É um pano alegre, que precisa de bastante quebra, difícil de usar em camadas (muito velcro) e que ao toque é mesmo demasiado rugoso. Mas é um bom pano para um ruckssack de um cu-de-chumbo pesado. Não é fofo, nem nunca vai ser, mas é resistente e fácil de usar em portes simples. O nó não desmancha e a textura ajuda a ter bastante aderência. É um pano ainda assim fresco e acho que dá uma cama de rede espetacular!! Não gostei de ter comprado um 7 e ele ter encolhido para um 6!! A marca produz imensos padrões giros e aparentemente mais finos que este. Sinto-me tentada a experimentar!
Pontos Positivos: Combinação de cores, resistente.
Pontos Negativos: Encolheu muito… demora a quebrar. Ah!! já me esquecia… o marcador central… é só um e podia estar nas duas costuras!


CAZULIM IMAGO PREPONA [3,56m_T3longo]
68,5cm altura | 271g/m2
100% algodão trama diamante
Tamanho 6 – 265 Reais

Querida Natália!!! Você não sabe, mas você esta a produzir os Storschenwiege do Brasil!!! As cores são lindas, sólidas. O desenho é um diamante simples. Não é um algodão fofo. O cheiro não é simpático e quando tocamos pensamos: não é isto de que estava à espera… Ahahahaha!! Definitivamente são os Storsch-Brasileiros!! Mas isso é bom ou é mau?! Menina, é bom!! Quem gosta, gosta sempre. Costumam ser os primeiros panos de muita gente! E são panos que um dia deixam saudade!! Tal como um Storsch, é um pano que precisa de ser quebrado… mas depois de muita ginástica, de passar pelas argolas, de fazer umas redes para os miúdos se divertirem este pano começa a ceder!! Muita textura, um bocadinho velcro, mas confortável nos ombros. É um pano para usar e usar e usar e quanto mais usar melhor vai ficar! Por isso não desistam, vai valer a pena!!
Pontos Positivos: A cor. A gente sente o pano a mudar. Tem qualquer coisa de especial.
Pontos Negativos: O cheiro. Precisar de tareia para quebrar. Não é fofo. Este também encolheu… e o marcador central… como sempre: gente, começa a por um marcador na costura!!!


MANUAIS:

OCA SLINGS AURORA BOREAL [4,60m_T6]
68cm altura | 313g/m2
100% algodão em trama mista plana e diamante
Tamanho 6 – 340 Reais

Um handwoven perfeito, lindo, com muito bom gosto. Uma trama lisa de algodão e nas pontas trama diamante. Um pano para muitos anos de uso intensivo. Uma aposta ganha. Pano feito à mão é só para quem gosta!! Ou se ama ou se odeia… ou se experimenta e nunca mais se volta atrás!! Tenho acompanhado o projeto da Vanessa desde o início… e só tenho pena que haja tão pouca produção. Este trapinho em específico foi descontinuado, por isso se apanharem algum…. cravem-lhe as unhas!!! Por este preço, não se compram panos feitos à mão, em tear, com esta qualidade na Europa! Obrigada querida Vanessa pela confiança que tens tido na minha opinião nestes tempos complicados e agora fica a dúvida: vamos ver como se comporta a nova tecelã…. vai fazer panos tão bons como este?!?! não sei… Ah! A OCA tem uma parceria com a UPA e produzem mochilas de pano handwoven… que luxo meninas!!
Pontos Positivos: Algodão bonito, suave, macio e resistente. Trabalho perfeito.
Pontos Negativos: Sempre o marcador central!! Poucos panos produzidos pela marca!


PÉ DE PANO FANTASIA [4m_T4 longo]
68cm de altura | 227g/m2
100% algodão, coleção Espetáculo em Cores, Trama plana
Tamanho 6 – 252 Reais

Já namoro os panos da Sara desde que descobri que no Brasil se faziam panos. Foram aliás os primeiros panos feitos em tear manual que conheci e namorei, namorei, namorei… acho que a Sara deve pensar que eu sou louca, porque de cada vez que saia alguma coisa nova… lá estava eu com mil perguntas!! Sou fã!! Quando finalmente consegui experimentar um dos panos do projeto Pé de Pano, o meu único comentário foi: Ai!!! Eu não quero isto!! Isto é pano para quem quer fazer bebés!!! Sabem quando até os ovários batem palmas de tão maravilhados que ficam e vocês só pensam: eu quero bebés pequeninos para por neste pano?!?! É isso!! É um pano feito à mão; lindo, perfeito, aéreo, fino, com bom suporte… e se ficar cansada pode cortar no meio e fazer dois slings de argolas completamente diferentes! Aí está uma particularidade desse fantasia: uma metade tem um padrão, a outra metade tem outra e é tão mas tão bonito e delicado!!
Pontos Positivos: Versátil, fino, aéreo. Lindo de mais.
Pontos Negativos: Dá vontade de fazer bebés pequeninos!! Ai esse marcador central…



Beijinhos Brasil!

 

6 thoughts on “O grito do Ipiranga!

  1. Adorei este tipo de feedback! Gostaria muito de entrar em contato pra melhrar meus paninhos.. e talvez mandar um do modelo mais novo, que está um pouco diferente.

    Tambem gostaria de saber porque seu jasper encolheu..

    Pode me mandar um email?

    Muito obrigada pelo carinho!

    Liked by 1 person

  2. Amadaaa que show ler esta review tão brasileira. Fico nem feliz que tenha curtido o JeniWrap. Foram os mais coloridos que temos. Também temos uma linha bem neutra e discreta. Eu vou observar esta questão das etiquetas sim. Adoro feedback. Quanto ao encolhimento tb vou ficar atenta. Geralmente peço p a costureira deixar ums centímetros a mais porém nem sempre saem iguais as medidas.
    A Jenipano foi a primeira marca a fazer tecido plano, somente há 3 anos que começamos e hoje me alegro com tantos panos brasileiros. Storch tb foi meu primeiro amor de pano, amava, então fico mega feliz com as parcerias fodas que temos por aqui. Venha nos visitar 🙂 bjooos

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s