Didymos Lisca Karibik

DIDYMOS LISCA KARIBIK 2016 [4,87m_T6]
65cm altura | 296g/m2
100% algodão
Jacqard

review: o favorito das portuguesas!
Isto dito assim é até suspeito, mas de cada vez que oiço falar em “qual é o teu pano favorito?”, invariavelmente, a resposta que mais oiço é: Lisca!
Somos o país dos Liscas!
Admito que nunca senti um fascínio gigantesco por eles, talvez por serem demasiado simples, ou simplesmente por gostar de panos mais “xanannn”!
Mas uma gaja não pode morrer burra, e eu também quis experimentar um Lisca! Um Lisca Karibik, para ser mais concreta!
Conhecendo a Didymos, e sabendo que são exímios a construir panos excelentes com gramagens muito baixas, as quase 300 gramas deste pano deixaram-me incrédula!! Além do toque macio (o algodão da Didymos é brutal, sempre) é um pano muito fofo e esponjoso (talvez demasiado para mim, mas para as marias-dos-ombros-sensíveis, fica a dica!)! Já toquei em mais 3 Liscas diferentes desde que testei este Karibik, todos eles bastante mais finos, mas todos eles igualmente esponjosos e fofos (#liscafofisca como alguém muito querido dizia há dias!). São fáceis de ajustar, prestam-se a qualquer porte com facilidade e presteza; não têm uma aderência gigantesca, o que facilita portes com multi-camadas e têm um cair lindo! Não vêm quebrados, mas como são tão agradáveis em uso e fáceis de usar, durante muito tempo, é fácil quebra-los rapidamente! Gosto muito da enorme paleta de cores que têm, e consigo imaginar-me a fazer uma pilha de panos destes!! São um tanto ou quanto propensos a fios puxados, mas são panos PPTO! Este acho que realmente é muito grosso, mas no ombro é uma nuvem!
Eu gosto da Didymos, gosto da história da marca e gosto do legado familiar que deixam e que nos deixam! Se este é o pano favorito das portuguesas, acho que é, sem dúvida, uma excelente escolha!

DIDYMOS LISCA KARIBIK 2016 [4,87m_S6]
65cm height | 296g / m2
100% cotton
Jacqard

Review: the Portuguese cutie!
That said it is even suspicious, but every time I ask “what is your favorite cloth”, invariably the answer I hear most is: Lisca!
We are the Liscas country!
I admit that I have never felt a huge fascination for them, perhaps because they are too simple, or simply because I prefer more loud and cacophony wraps! But a girl can’t die stupid, and I also wanted to try a Lisca! A Lisca Karibik, to be more precise!
Knowing Didymos, and knowing that they are excellent at building excellent wraps with very low weight, the almost 300 grams of this beauty left me incredulous !! Besides the soft touch (Didymos cotton is always amazing) it’s a very spongy and fluffy wrap (maybe too much for me, but for the sensitive-shoulder-girls’s, that’s the one)! I’ve touched three more different Lisca since I tested this Karibik, all of them quite thin, but all of them equally fluffy and cute (#liscafofisca as someone very dear said days ago!). They are easy to adjust, they drape well and adjust to every carry easy and quickly; don’t have too much grip, so it’s also perfect in multi-layer. They don’t come broken but as they are so nice in use and easy to use for a long time it is easy to break them fast! I really like the huge palette of colors they have, and I can imagine myself making a pile of these cloths !! They are somewhat prone to pulled wires, but they are kind of jack of all trades wraps! This one for me is very thick, but on the shoulder is a fluffy cloud!
I like Didymos, I like the history of the brand and I like the family legacy they leave and they leave us! If this is the favorite cloth of the Portuguese, I think it is undoubtedly an excellent

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s