BAIE SLINGS WILD ROSES FROST WRAP

BAIE SLINGS WILD ROSES FROST WRAP
66 cm altura | 267g/m2
80% Algodão Penteado 20% Lã Merino

Olá a todas(os),
Continuando nesta senda de apresentações, eu sou a Liliana, mais uma das meninas da Muga (salvo seja!). Ela diz que somos corajosas por nos termos chegado à frente, mas eu acho que não. Acho é que somos todas umas doidas apaixonadas por babywearing que querem é experimentar panos, escrever umas coisas giras para a malta e acima de tudo não deixar o pano meu morrer!
Lembro-me que este blog foi das primeiras coisas que li quando tentava perceber o que era o babywearing. Parti-me a rir quando li o artigo “Babywearing para principiantes” e pensei “Esta moça é um bocado louca mas tem piada e tem razão no que diz!”. A partir daí comecei a vir cá sempre que queria pesquisar sobre panos e marcas novas para mim.
Antes do meu filho nascer falaram-me de um marsúpio fantástico que dava imenso jeito (de uma marca que começa por S e tem dois k lá no meio). Depois de ele nascer lá fui eu toda contente a uma loja experimentar o tal artigo. Bom… em primeiro lugar achei aquilo super complicado de colocar sozinha. Depois mal coloquei o miúdo desatou a berrar como nunca o tinha visto. Estava todo abafado lá dentro, com um painel rígido nas costas, não me pareceu nada bem. Saí de lá a pensar: credo que não vou dar tanto dinheiro por isto!
Fiquei triste, confesso.
Achava piada ao facto de o carregar e à liberdade de movimentos que me ia permitir ter.
Umas semanas mais tarde, fui a uma loja à procura de um produto para as cólicas e vi a dona da loja a demonstrar um pano elástico. E pronto, saí de lá com o anti-cólicas e um pano elástico. Será que devo um agradecimento às cólicas por me terem levado a conhecer um porta-bebés ergonómico?!
Há sempre um lado positivo nas coisas realmente….
Entretanto, achei o pano elástico muito quente. Comprei um sling de argolas e também não me orientei nada com aquilo. Só quando experimentei um pano tecido é que percebi que era o certo para nós. Sou a menina dos ombros sensíveis. Num FWCC, com panos finos, começam-me a doer as omoplatas. Tenho pouca gordura nos ombros, vai toda para as ancas (raios!). Por isso o meu objetivo neste blog vai ser testar panos com mais suporte, quem sabe bestas, a ver se os meus ombros se param de queixar e ajudo outras meninas na mesma situação.
Ainda não encontrei “O” pano, aquele me enche as medidas e me arrebata o coração, mas este de que vos vou falar hoje está lá perto!

review: quase o “meu” pano!
É um pano lindo com 20% de lã merino e é realmente muuuuito fofo! Acham os liscas fofos? Este Baie com lã é que é fofo! É como se nos dessem um abraço bem apertado e quentinho… Tem muito bom suporte e algum balanço, que não acho que seja demasiado. Ao caminhar parece que nos acompanha nos movimentos.
Não tem uma gramagem muito alta, talvez por isso ainda não o sinta perfeito nos meus ombros. O único inconveniente que vejo, sem que seja impeditivo, é o facto de o sentir ceder ao fim de algum tempo mesmo quando bem tensionado. O facto é que coloco o miúdo num FWCC a bater com a testa no meu pescoço e ao fim de uns 10 minutos está no sítio certo ao nível da parte superior do peito. Apesar deste pequeno detalhe, continuo a adorar este pano e é aquele que uso sempre em primeiro lugar!

baie_pt.jpg

Hello,

I am Liliana, and I am one of the Muga’s girls (hummm…!) She says we’re brave for stepping up but I don’t think so. I think we’re just a bunch of girls crazy about babywearing who want to try wraps, write a few funny things and on top of all, do not let Pano Meu die.

I remember this blog was one of the first things I read about babywearing. I had so much fun when I read “Babywearing para principiantes” and at the same time I thought “well, this girl is a little bit crazy but she is funny and she is right in what she is saying!”. From that moment on I started coming here whenever I wanted to read about new wraps or brands.

Before my son was born, I heard about a great non-ergonomic carrier that was super useful (of a brand that starts with an S and has some Ks in de middle). After he was born I went to a store to try it. Well, first of all I found it really hard to put in on my own. Then, once I placed the baby he started crying like crazy. He was so stuffy in there and had a rigid panel on his back. It just didn’t seem right to me. I left the store thinking: oh no no no, I won’t pay so much money for this!

I was really sad it didn’t work. I was excited with the idea of carrying him close to me and have free movements.

A few weeks later, I went to a store to buy an anti-colic medicine and I saw the owner demonstrating an elastic wrap. I left the store with the anti-colic and an elastic wrap. Should I thank colics for introducing me to ergonomics carriers?! There’s always a positive side on everything!

In the meantime, I found this wrap very hot. I then bought a ring sling and I also didn’t get well with it. It was only when I tried a woven wrap that I felt that this was the right thing for us.

I am the sensitive shoulders girl. On a FWCC with thinner wraps my shoulder blades start to hurt. I have very little fat on my shoulders, it goes all to my hips (dammm!). Therefore, my goal on this blog will be to try wraps with bigger support, even the so-called beasts, to see if my shoulders stop complaining and I help other girls on the same situation.

I haven’t found THE wrap yet, the one that speaks to my heart! But this one I will talk to you about is pretty close.

review: Almost “the” wrap for me!

It’s a beautiful Baie wrap with 20% merino wool and it is reaaaaally fluffy! Do you think liscas are fluffy? This is the one that’s really fluffy! It’s like if someone would just give us a warm and tight hug…. It has very good support and some bounce without being too much. When we walk it feels like this wrap is walking along with us.

It has a medium GSM so this is probably the reason why I still don’t feel it perfect on my shoulders. The only drawback I found was that it starts slipering after a while even if well tensioned. When I place my baby on a FWCC with his forehead at my neck’s level, it gets down to my chest in a matter of 10 or 15 minutes.

Besides this small detail, I still love this wrap and it’s the one I always use on the first place!

baie_en.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s