KAPUALOVE TWISTER SISTER PURPLE RAIN

KAPUALOVE TWISTER SISTER PURPLE RAIN [5,23 m_T6 (longo)]
71cm de largura | 286g/m2
100% algodão

Este é o segundo review que faço para o Pano Meu, e confesso que ao escrever isto, só me vem à cabeça o “efeito de sequela”, em que ninguém gosta tanto do segundo filme como do primeiro. Espero que isso não aconteça. Agora que a fase das apresentações passou, estamos aqui para falar de panos. Haverá certamente uns que nos apaixonam mais do que outros, mas acho que a maneira como falamos deles é deveras importante. Então vamos lá ver se consigo pôr por palavras o quanto fiquei surpreendida por este pano.

review: “Twisted”
A marca KapuaLove deve ser desconhecida da maioria dos portugueses. Aliás, até há uns meses, também me era desconhecida. Mas ultimamente têm surgido tantas marcas novas no mercado, que o anúncio a pedir testers me chamou logo à atenção. Que eu saiba, apenas eu e Raquel testámos esta marca em Portugal, por isso percebem como a responsabilidade que cai sobre mim, ao apresentar aqui a marca, é enorme!
A KapuaLove é uma pequena empresa familiar alemã, que surgiu em Maio de 2015, e produz panos de design exclusivos com materiais orgânicos certificados (GOTS/OEKO-TEX). Apesar de feitos à máquina, os panos são meticulosamente acabados à mão, e a sua produção é muito limitada (no caso deste Purple Rain, foram produzidos 14 panos de tamanho 6). Aliás, a marca orgulha-se de produzir apenas edições limitadas, para que quem compra um pano deles, receba algo especial e único.
Eu não fazia ideia qual o padrão ou cor do pano até a Raquel tirar a primeira fotografia com ele. Eu tinha visto uma foto de um pano verde com corações, por isso quando vi que o pano a testar era roxo, fiquei um pouco desiludida. O roxo não é exactamente a minha cor preferida (pelo menos era o que eu pensava!), embora agora esteja na moda. As fotos também não lhe fazem jus, se não têm luz suficiente, o roxo parece castanho ou cinzento. O padrão é um pouco… “twisted”? Pois, todas aquelas linhas dão um efeito óptico estranho, quase hipnótico. Acredito que as pessoas mais sensíveis até se possam sentir um pouco “mareadas” ao olhar para ele.
Na verdade, para quem gosta do padrão e da cor, então o conforto e as qualidades a entrapar são definitivamente a cereja no topo do bolo. Eu fui a última a testar o pano, talvez por isso ele já estivesse bem quebrado. Não é um pano muuuuito macio mas é um pano médio (tanto de gramagem como grossura) com uma flexibilidade diagonal excelente. Tentei um DH que saiu perfeito à primeira tentativa, o padrão revela alguma textura que lhe confere grip, mas não é demasiado que prenda o segundo passe. O ajuste foi muito fácil e segurou o porte com um único nó.
Um dos portes que acho mais desconfortável porque cede sempre ao fim de algum tempo, o DH freshwater tub (tied under bum – atado debaixo do rabo), foi também um dos que experimentei, e surpreendentemente, não notei que com este pano descaísse. Podem dizer que é tudo uma questão de ajuste, mas para mim, sem dúvida que o grip do pano é um dos segredos (não demasiado que prenda os passes, nem tão pouco que os faça escorregar!).
Num porte à anca, o slipknot pareceu prender um bocadinho, mas acho que problema maior é que para algumas pessoas é demasiado largo (71cm!!). Para mim isso só faz dele um óptimo pano tanto para bebés pequenos como para toddlers, maleável, envolvente, confortável.
Já no final da nossa semana de teste, o tempo abriu e conseguimos sair de casa. Acabei por gostar bastante de me ver com aquela cor (até descobri uma echarpe lilás para combinar – olhá pirosa!). O meu filhote dormiu mais de uma hora num DH, e não foi preciso reajustar nem senti qualquer desconforto nos ombros ou nas costas. Por isso, de forma geral acho que este pano tem a proporção certa de bounce e grip, suavidade e conforto. Além de easy-care e não fazer pulls facilmente (acreditem que isso acaba por ser importante!), julgo que seria até uma boa aposta para dias mais quentes!
Acho que este é um pano que acaba por ficar na memória e vou sem dúvida manter a marca debaixo de olho. Os panos da KapuaLove têm tudo para se juntarem à nossa lista de preferidos: design interessante, produção cuidada e limitada, e acima de tudo, qualidades excelentes ao entrapar!

Ana Rita Oliveira

Kapua_PT.jpg
KAPUALOVE TWISTER SISTER PURPLE RAIN [5,23 m_size 6 (long)]
71cm wide | 286GSM
100% cotton

This is my second review for the blog Pano Meu, and I confess that while writing this, what comes to my mind is the “sequel effect”, when people usually don’t like the second movie as much as the first. I hope that doesn’t happen! Now that the presentations’ phase is over, we are here to talk about wraps. Surely there will be some that we’ll love more than others, but I think that the way we talk about them is also very important. So let’s see if I can put into words how surprised I was about this wrap.

review: Twisted
KapuaLove is most likely an unknown brand from most Portuguese babywearers. In fact, up until a couple of months ago, I hadn’t heard about them either. But lately, there are so many new brands coming into the market, that the post asking for testers immediately called my attention. That I know of, only Raquel and I tested this brand in Portugal, so now you see that the responsibility on my shoulders, to present the brand here for the first time, is huge!
KapuaLove is a small German family company that started to operate in May 2015, and produces exclusive design woven wraps with certified organic materials (GOTS/OEKO-TEX). Even though they are machine woven, the wraps are meticulously finished and hemmed by hand, and their production is very limited (in the case of this Purple Rain, only 14 size 6 wraps were made). In fact, the brand is proud of only producing limited editions, so that if you buy one of their wraps, you get something special and unique.
I had no idea what the pattern or colour of the tester were until Raquel took the first photo with it. I had seen a cover with a green heart pattern so when it came out purple, I confess I was a bit disappointed. Purple is not really my favorite colour (so I thought), although it’s pretty much in fashion nowadays. But the photos don’t quite favor it, if they don’t have enough light, the purple almost seems brown or grey. The pattern is a bit… twisted? All those lines create a weird optic effect, almost hypnotic. I believe the most sensitive people could even feel a little seasick just by looking at it.
Nonetheless, for those who like the pattern and the colour, the comfort and WQ (wrapping qualities) are definitely the cherry on top of the cake. I was the last to test this wrap, so it was pretty much broken in. It’s not a very soft wrap, but it is average weight and thickness with an excellent diagonal flexibility. I tried a DH (double hammock) that came out perfect at first try, the pattern reveals some texture that gives the wrap grip, but not too much that keeps the second pass from sliding. The adjustments were very easy to do and in the end the carry held with a single knot.
One of the carries I find most uncomfortable because it gives in after a while, freshwater tub DH (tied under bum freshwater finish double hammock), was also one of the ones I tried, and surprisingly, I didn’t notice any slack or sagging with this wrap. You can say it’s all in the adjustments, but to me, there’s no question that the grip is one of the secrets for a success in this carry (not too much that holds the passes, and not too little to slip away!).
On a hip carry, the slipknot seemed to hold a little bit, but the biggest problem for some people is that this wrap is too wide (71cm!!). For me, it makes it a great wrap not just for small babies, but for toddlers too, as it’s floppy, bandage like and comfortable.
By the end of our week, the weather finally open up a little and we managed to wear it outside of the house. I ended up loving to see me in purple (I even found out a scarf in that colour to match it – cheesy, I know!). My baby slept for more than one hour in a DH, and I didn’t need to readjust it nor I felt any discomfort on my shoulders or back. Overall, I think this wrap has the right balance of bounce and grip, smooth and comfort. Besides, it’s easy-care and doesn’t pull threads easily (trust me, this ends up to be important while picking a wrap!), and I even think it would be a good bet for warmer days!
This is the kind of wrap that stays in your memory (maybe because of the twisted pattern more than anything?) and I’ll definitely keep an eye on this brand. KapuaLove wraps have everything to join or favorites’ list: interesting design, thoughtful and limited production, and above all, great WQ!

Ana Rita Oliveira

Kapua_EN.jpg

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s