Lenny Buckle Onbuhimo, Toddler size

Lenny Buckle Onbuhimo, Toddler size
Tecelagem Herringbone (100% algodão)
Conversão original de Little Herringbone Imagination

Eis que chega Junho, o mês do Verão, do sol, dos dias compridos, das noites amenas e reluzentes, dos Santos Populares e das sardinhadas!… Onbuhimo rima com tudo isto e muito mais! Rima com toddler, sobe e desce, passeios pela praia ou pelo campo, praticalidade e divertidos super-homens. Seria perfeito assim, não fosse um Verão que teima em não aparecer…
O Onbuhimo é um porta-bebés de origem japonesa, composto por um painel e duas alças que apoiam nos ombros do adulto. Semelhante a uma mochila ergonómica, sem o cinto. É, por isso, mais leve, mais “portátil”, mas sem apoio lombar. Os painéis dos onbuhimos podem ser evolutivos ou não (reguláveis em largura e/ou altura). Geralmente, são utilizados para carregar os bebés às costas, mas é também possível utilizar com o bebé à frente. O seu uso é recomendado em bebés que já controlam totalmente a coluna (i.e. que se sentam sozinhos), embora sejam mais procurados para bebés que andam, que intercalam bastante colo e chão, exactamente porque são de fácil e rápida colocação e leves de transportar.
Então os onbuhimos são uma excelente opção para toddler, certo? Nheeeee…. Bem, não faltam por aí relatos de mães (e pais) super contentes com o seu onbuhimo. Cá por casa, e agora que a dona baby já anda a sério (oh não! #babyweareremdesespero #haqueaproveitarosultimoscartuchos) andamos numa busca incessante pelo onbuhimo mais confortável para nós e para a bebé. Neste comparativo vou-vos falar da saga que tem sido esta busca. Vamos lá então começar por este lindo Lenny Lamb e não percam os próximos episódios, em breve no blog. 😉

onbu LL10

review: Onbuhimos, para que vos quero?

Várias foram as tentativas para começar a escrever este review com cheiro a Verão… Porém, o meu estado de espírito andava coincidente com o tempo… Chuvoso, cinzento, tristonho e frio. Onde andas, Verão? ☹ Mas lá bastaram uns primeiros raios de sol após semanas de chuva para que a vontade de escrever voltasse. E logo com este padrão rainbow, tão bem escolhido pela nossa querida Ana Rita Oliveira (obrigada!). Este tecido herringbone Lenny Lamb é tudo de bom (em onbuhimo sem sombra de dúvidas, pelo menos). É lindo, macio e com boa diagonal. Parece-me que é o onbuhimo favorito da nossa dona baby. Fica mais à larga, braços bem de fora, com ar fresquinho a correr pelo corpo todo! Que maravilha! #soquenao Pelo menos para mim e o pai (que consegui convencer a usar o onbuhimo para me dar uma opinião, yeah!).
O painel é evolutivo, o que é bom, as alças são moderadamente almofadadas. Moderadamente para menos, em boa verdade. Eu entendo que almofadado rijo demais possa incomodar algumas pessoas, mas fivela por cima de almofadado-mais-ou-menos cria um enorme ponto de pressão nos ombros, para pessoas “sensíveis” como nós. Ainda tirei uma fotografia para ilustrar bem isto que quero dizer. O que resulta desta pressão? Que ao fim de 5 minutos de uso já me sinta dorida nos ombros. Eu sou pequenina, mas o pai não é assim tanto, por isso, continuo a achar que os SSC são feitos para os gigantes lá do norte e centro da Europa…
As alças deste onbuhimo são gentilmente extensas, mas apertando-as ao máximo ainda não consigo dar altura suficiente à dona baby e… aiiiii a minha ciática! Ficando ela em baixo demais, mais pressão nos ombros sinto. Isto é mais relevante em onbuhimo do que em mochila por não existir o apoio lombar. Ao carregar a dona baby mais em baixo do que me é confortável, também me sinto obrigada a trabalhar os músculos do abdómen. Ah! Mas esperem, este é um ponto mais que positivo! #jaiasproginasioqueoveraoestaachegar

Susana Silva
onbu LL


Lenny Buckle Onbuhimo, Toddler size
Herringbone weave (100% cotton)
Original wrap conversion from Little Herringbone Imagination

Here comes June, the month of summer, sun, longer days, pleasant nights with shining stars, the Popular Saints, and the sardines! … Onbuhimo goes hand in hand with all these, and much more! Onbuhimo goes hand in hand with toddlers, the ups and downs, long walks on the beach or the countryside, practicality and fun superman tosses. It would be perfect if summer did not refuse to show up…
The onbuhimo is a baby carrier of Japanese origin, consisting of a panel and two shoulder straps holding on the adult’s shoulders. It’s similar to an SSC, without the belt. Therefore, it is lighter, more “transportable” but without the lumbar support. The panels of the onbuhimos can be adjustable not (in width and/or height). Usually they are used to carry the babies on the back, but it is also possible to use them with the baby in the inward facing position. Its use is recommended in babies who already control the entire spine (i.e., that sit alone), although they are mostly used in walking babies, who are always going up and down, precisely because they are easy and quick to wear, and light to carry.
So, onbuhimos are a great option for toddlers, right? Nooooo… Well, there are a lot of parents very satisfied with their onbuhimos. As for us, especially now that the baby is really walking (oh no! #babywearerindespair #enjoyingthelastdays), we are in a relentless search for the most comfortable onbuhimo for us and for her. In this comparative review, I am going to tell you about the saga that this search has been. Let’s us just start with this cute Lenny Lamb, and please do not miss the next episodes, soon here on the blog. 😉
onbu LL4.jpg

review: What do I want an onbuhimo for?

I have made several attempts to start writing this summer-scented review… But my mood was totally matching with the weather… Rainy, grey, sad and cold. Where are you, summer? ☹ But the first sunshine after weeks of rain was sufficient enough to make the urge to write come back. This rainbow pattern really helped, so well chosen by our beloved Ana Rita Oliveira (thank you!). This Lenny Lamb herringbone woven fabric is all good (in an onbuhimo without a doubt). It is beautiful, soft, and it has a good diagonal. It seems to me that it is our baby’s favourite onbuhimo. She feels comfy, arms well out, with fresh air running through her whole body! How wonderful! #butnotforus At least for me and the father (who I successfully convinced to use the onbuhimo to give me his opinion, yeah!).
The panel is adjustable, which is good, and the shoulder straps are moderately cushioned. Moderately for the less, that’s true. I understand that cushioning too hard the shoulder straps may bother some people, but SSCs that are only more-or-less-cushioned creates a huge pressure point on the shoulders for “sensitive” people like us. I tried to take a good picture to illustrate this. What does this pressure cause? After 5 minutes of use I already feel sore on the shoulders. I’m a short person, but the father is not, so I still think SSCs are made for the giants’ people of northern and central Europe…
The straps of this onbuhimo are kindly extensive, but even tightening them to the maximum I was not able to elevate the baby high enough, and ouch… my sciatica! With the baby lower on my back, more pressure I will feel on my shoulders. This is even more relevant in onbuhimos than in SSCs because they do not have the lumbar support. By carrying the baby lower than it would be comfortable, I also feel obligated to workout my abdomen muscles. Oh! But wait, this is a bonus point! #youreallyshoulggotothegym

Susana Silva
onbu LL3

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s